Carregando

O que é a dieta paleo?

O que é a dieta paleo?

Obesidade, doenças cardíacas e diabetes: essas são apenas algumas das condições de saúde que os defensores da dieta paleo (ou paleolítica, ou dieta dos homens das cavernas) acreditam vir do nosso estilo de vida sedentário e do modo de comer moderno, repleto de açúcar, gordura e alimentos processados. Mas o que, então, eles sugerem como solução? Simples: cortar os alimentos modernos da nossa dieta e voltar ao modo como os primeiros ancestrais caçadores comiam.

Parece esquisito, né? Por isso, vamos tentar explicar melhor o que é exatamente a dieta paleo, que conquista cada vez mais pessoas. :)

A paleolítica é mais um estilo de vida do que uma dieta propriamente dita, porque não existe uma contagem de calorias e porções, mas sim uma restrição alimentar. Basicamente, são permitidos alimentos que venham da caça, da pesca e das plantações. 

De fato, os benefîcios ao organismo são muitos: melhora do colesterol no sangue, na perda de peso e na redução de dor em doenças autoimunes. No geral, a saúde de quem segue a paleo melhora.

 

Alimentos permitidos

Vegetais: todos, mas em especial os da época;

Tubérculos: batata-doce, mandioca, inhame, batata;

Proteína: Carne de pasto, peixe selvagem (carapau, sardinha, cavala), marisco, ovos de galinhas criadas ao ar livre;

Fruta: todas, mas em especial a fruta da época;

Oleaginosas: amêndoas, cajus, castanhas do Brasil, nozes, etc.;

Sementes: sésamo, abóbora, girassol, linhaça, chia;

Gordura: óleo de coco, azeite.

O que evitar

Cereais: trigo, arroz, centeio, aveia, etc.;

Leguminosas: Feijão, grão, lentilhas, etc.;

Lacticínios: leite, iogurte, queijo, natas;

Gorduras: óleo e margarinas vegetais;

Produtos processados.

 

Uma dieta paleo é rica em vegetais, frutas e nozes — todos os elementos de uma dieta saudável. Mas a diferença é que não ela inclui alguns alimentos também considerados saudáveis (como grãos integrais e laticínios) e mais acessíveis financeiramente. Para algumas pessoas, aliás, a paleo pode ser muito cara.

...Cuidado! Seguir essa dieta sem orientação também pode te levar a consumir muita gordura, podendo ocorrer aumento de peso e prejuízos no que diz respeito à saúde. As gorduras são importantes, mas é preciso consumir de forma moderada.

Algumas versões mais radicais da dieta paleolítica pregam que no passado nossos ancestrais não conseguiam encontrar comida todos os dias, então, acabavam ficando longos períodos em jejum. Assim, a proposta é, de vez em quando, permanecer de 16 a 24 horas sem ingerir nenhum alimento. Isso pode ser prejudicial, pois o jejum prolongado pode provocar problemas como hipoglicemia, irritabilidade, dor de cabeça, dificuldade de concentração, dentre outras complicações. Por isso, seja moderado.

A paleo ainda pode nos oferecer alguns insights sobre como e o quê consumimos: pense de onde sua comida veio.

Quantos passos tiveram entre você e os alimentos no seu prato?

Sua comida tem alguma semelhança com a dieta dos homens das cavernas?

Pensa. Reflita. Isso pode mudar sua saúde e, por consequência, sua vida! :)




 

Comentários

Deixe seu Comentário

* Nome:
* E-mail: (Não será publicado)
   Website: (URL do site com http://)
* Comentário: